sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Olhem bem no que o Pró-Cidadania se transformou.

DO WHATSAPP - PRÓ-CIDADANIA DE TAMBORIL...

O PRÓ-CIDADANIA é uma estratégia organizacional que viabiliza uma parceria entre o Governo do Estado e os municípios cearenses que possuam população inferior a cinqüenta mil habitantes, com o objetivo de desenvolver ações de prevenção à violência, à criminalidade e a danos a pessoas e ao patrimônio público. Na foto abaixo notamos esta lógica completamente invertida, e o  programa sendo literalmente utilizado para o transporte de bebidas as vésperas do pleito eleitoral para reunião no bairro Monte Azul em Tamboril. 


Seria importante o MINISTÉRIO PÚBLICO dá uma verificada no caso.

Artigo do Professor Tim sobre possíveis candidatos eleitos para a Câmara de Nova Russas.

Conheça antecipadamente possíveis futuros vereadores de Nova Russas!
A cada quatro anos, a cada eleição municipal para o cargo de vereador, sempre surgem fenômenos políticos que disputam e se elegem para a Câmara.
Eleição de 2016 não será diferente. Estão surgindo diversos nomes em Nova Russas que podem se eleger para o disputado cargo de Vereador.
Dudu, que terá o apoio do empresário Sócrates Abreu e do advogado Carlos Eduardo da Escóssia, disputará com muitas chances de se eleger futuro vereador de Nova Russas. 
Dudu, que deve disputar pelo PC do B, tem carisma e apelo popular. 
Eleição de Dudu tira da Câmara o vereador Pedro Lira, que não vem fazendo um bom mandato legislativo. Dudu disputa votos em redutos tradicionais de Pedro Lira. Dudu tem amplas chances de ser eleito e derrotar Pedro Lira.
Vencedor nos negócios e na área empresarial, o empresário Zé Filho [Mercadinho Ribeiro] vai se filiar ao PT para disputar uma das 13 vagas na Câmara. Tem tudo para ser eleito, inclusive, com apoio do deputado Jeová Mota e de outras personalidades políticas.
Filho do atual secretário de Finanças [Luzardo Madeiro], o dentista profissional Kleberson Madeiro tem vaga praticamente certa na Câmara dos Vereadores. Kleberson terá muitos votos em em muitos e expressivos setores da sociedade novarussense.
Se optar pela Câmara e não pela Prefeitura, o empresário dinâmico Júnior Mano poderá ficar nos primeiros lugares dos 13 eleitos para a Câmara de Nova Russas. Júnior Mano é dono da Gold e muito bem relacionado na vida social e política de Nova Russas.
Pelo que vem fazendo e pela projeção política que alcançou nas últimas eleições, coloque o nome do Paulinho 'Talegal como um dos possíveis eleitos em 2016, disputando vaga de vereador pelo PRB. Tem muitos votos entre os jovens novarussenses.
O agente de endemias, Raul Jorge, caso decida sair candidato a vereador por um partido político de base cristã, é outro nome que pode surpreender nas urnas. Além do mais: Raul Jorge tem muito apoio no Sindicato dos Servidores Públicos de Nova Russas.
Dono do PSC, um dos melhores times de futebol da região, o Abreu é a aposta esportiva e futebolística para se eleger vereador em Nova Russas. Abreu reúne condições objetivas para ser um dos 13 vereadores do nosso legislativo.
E se a Câmara de Nova Russas é a Casa das 7 mulheres, não poderia terminar de outra forma. Anunciando possíveis personalidades femininas que poderão disputar uma das 13 vagas:
Ana Costa, atual secretária de Cultura; Lucinete Nobre, vice presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, entre outras.
Que venha logo 2016!.
________________________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e pré-candidato a Secretário Geral da ONU.

Artigo do Professor Tim sobre o renovação dos mandatos na Câmara de Nova Russas.

Futura eleição municipal deve renovar a Câmara de Nova Russas em mais de 50%!
Renovar é preciso.
Esse é o grito popular mais ouvido entre os eleitores novarussenses, quando se trata da futura eleição para renovar os atuais 13 vereadores com assento na Câmara de Nova Russas, cujos mandatos se encerram no dia 31 de dezembro de 2016.
Dos atuais 13 vereadores, mais de 50% não devem retornar para cumprirem quatro anos de mandatos legislativos. Mais da metade da atual composição daquela Casa de Leis não conseguirá a tão sonhada e disputada reeleição.
A vereadora Karla Loiola, do PC do B, por conta de notas de improbidade e de condenações no TCM, hoje é ficha suja e não deve mais disputar o terceiro mandato de vereadora, sempre eleita com ajuda e apoio financeiro do ex prefeito Marcos Alberto.
Outra desistente da reeleição será a vereadora e cunhada do prefeito Gonçalo, Emília Diogo. Emília vai se dedicar agora apenas ao trabalho de bancária no Banco do Nordeste. Vereadora, nunca mais!
Segundo mandato da vereadora Toinha do Capitão não será possível. Reeleição legislativa da vereadora Toinha do Capitão será muito difícil, pois ela não vem fazendo um bom mandato parlamentar. Sua base política diminui a cada.
Durante seu mandato parlamentar, Toinha do Capitão não contribuiu muito para o desenvolvimento social, cultural e educacional do distrito de São Pedro, seja como veradora governista ou como vereadora oposicionista.
Sua maiores obras legislativas e políticas em São Pedro foram a limpeza de um cacimbão e o conserto de um chafariz quebrado, além de outras obras menores.
Pior. Passou o tempo e sempre usou a tribuna da Câmara para verbalizar sua guerra particular contra o primo e vereador babão do prefeito, Teixeira, inclusive, quebrando o decoro parlamentar.
Razões para eu dizer que Toinha do Capitão não mais se elege vereadora.
Diferente da vereadora Rejane, PROS, que tem eleição praticamente garantida. Não apenas na boa votação em Irapuá, distrito que ela respeita e defende bem na Câmara, mas em muitos setores da sociedade de Nova Russas. Rejane pode ser das vereadoras das mais votadas.
Até pelo que vem fazendo pela educação e pelos professores, fica a torcida para a reeleição da vereadora Kátia Santos (PSL). Kátia tem muitas chances em conquistar mais um mandato, pois conta com forte apoio nas famílias Tavares e Santos.
Deixa eu colocar no campo das possibilidade a provável reeleição do vereador Teixeira para o terceiro mandato. Depende se ele se eleger presidente da Câmara, que não é fácil. Ou ainda melhorar muito suas ações no distrito de São Pedro.
Situação diametralmente oposta a do vereador Kapita, que eleição praticamente garantida. Kapita trabalha 24 horas em prol dos mais pobres e dos mais excluídos. Vereador Kapita tem muito trabalho social prestado, além de uma personalidade de todas as midias e do marketing político genial.
Aposto qualquer coisa como o vereador Pedro Lira não se reelege. Não sabe se é governo ou se é oposição. Não tem boa retórica. Falta-lhe carisma. Vem perdendo apoio popular a cada dia. Sua reeleição é tão possível quanto o Japão ganhar uma Copa do Mundo.
Nova Betânia, Lajedo Grande e adjacências vão reeleger o vereador Zé Roberto. Vereador jovem e de primeiro mandato, Zé Roberto vem cumprindo bem seu papel legislativo de vereador ligado às causas populares.
Na escala de 1 a 10, fico no 5 sobre a reeleição do vereador Antonio Carlos (PV). Tem muitas bases eleitorais, mas vem sofrendo desgaste por sua posição de sempre bajular o prefeito Gonçalo Diogo. Ainda há o risco de aparecer uma nova liderança no PV.
Sétimo mandato do vereador Denílson será conquistado, mas será um pouco mais difícil. Deve manter a boa votação no curral eleitoral do Major Simplício e conquistar mais votos na República Cacimba Nova e no distrito de Canindezinho, onde moram parentes da esposa Joyce. Mas tem que ampliar votação em outras comunidades.
Socorrinha Holanda renova seu mandato, pois terá apoio do cunhado e deputado [Vanderley], do deputado eleito Bruno Pedrosa, do filho rafael, entre outros. Apoios fortes que praticamente garantião mais mandato para Socorrinha Holanda.
Para completar. Outra Socorrinha, a Arraes, caso queira disputar o terceiro mandato, não terá dificuldades de se reeleger. Tem amplo apoio entre os usuários da saúde público e outros setores da população, por conta do seu bom profissionalismo de Fisioterapeuta competente.
Agora só falta o resultado da eleição em 2016!.
____________________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e assessor parlamentar do vereador Kapita.

Artigo do Professor Tim sobre o futuro presidente da Câmara.

Tentando decifrar pela Teoria da Exclusão o futuro Presidente da Câmara de Nova Russas!
Eleição da futura mesa diretora da Câmara de Nova Russas, quando será eleito o novo presidente daquela Casa, só vai ocorrer no dia 10 de dezembro, mas as especulações são muitas. Muitos especulam sobre os presidenciável e o provável futuro presidente da Câmara.
Não sou mágico, não sou advinhão, não sou sou profeta dos acerta tudo.
Mas vou tentar acertar quem vai ganhar a eleição da Câmara pela teoria da exclusão.
Excluindo alguns dos 13 vereadores da própria disputa parlamentar.
Por exemplo. Presidente Socorrinha Holanda não poderia ser eleita para o mesmo cargo, pois já está no cargo e não existe reeleição. Idem para a ex presidente Emília, que não quer mais e nem seria bem aceita por seus pares.
Exclusão de Karla Loiola não é porque ela não possa e nem queira, é porque ela não teria os votos necessários nos dois grupos políticos para se eleger presidenta. Karla não é consenso nem na oposição e nem na situação. Não se elegeria de forma alguma.
Situação parecida da vereadora Kátia Santos, PSL, que poderia não ter os votos totais da oposição e muito menos algum da base do governo. Até quase impossível Kátia Santos conseguir os 7 votos necessários para vencer a disputa pelo principal cargo da Câmara.
Toinha do Capitão vive o mesmo dilema excludente, desde o erro político de ter lançado uma chapa de vice na eleição presidencial do ano passado. Hoje, a vereadora Toinha do Capitão já não tem o mesmo consenso dos vereadores oposicionistas.
O vereador Denílson é outro excluído até mesmo no bloco de oposição. Teria, no máximo, cinco dos seis votos da oposição legislativa. Vereadora Karla, talvez, não votaria em Denílson. E o vereador Pedro, sem dúvida alguma, está queimado no governo e na oposição.
Vereadora Rejane, por ser muito identificada com o Acacismo, seria outra que mais reuniria uma força parlamentar capaz de aglutinar 7 votos para ganhar a disputa da mesa diretora da Câmara de Nossa cidade. Nem mesmo no PROS, seria consenso.
Já são 8 vereadores os excluídos de qualquer chance de vitória. Agora vamos aos que poderiam realmente ter algumas chances de vitória. Seria, assim, cinco vereadores apenas com possibilidades concretas do cargo máximo daquele poder, alguns com mais ou com menos chances.
Kapita, que foi candidato na eleição passada e obteve 6 votos, não abre mão de ser novamente candidato a presidente. Mas faz uma jogada perigosa de vencer ou vencer por qualquer um dos lados.
Será que o governo Gonçalo apoiaria Kapita para presidente? Possibilidade remota, mas em política tudo pode acontecer.
Na base do governo Gonçalo Diogo, há quatro pré-candidatos bem situados. Teixeira, até por ser líder do governo Gonçalo na Câmara, é o favorito do prefeito para suceder Socorrinha Holanda no principal cargo do Poder Legislativo.
Problema de Teixeira é que seu estilo duro, raivoso, truculento de defender politicamente o governo Gonçalo, poderá não ser muito útil para sua eleição presidencial. Teria dificuldades até mesmo entre os vereadores governistas.
Zé Roberto, em primeiro mandato, é um nome leve e com respeitabilidade nas duas bancadas da Casa. Teria mais chances do que Teixeira na eleição presidencial. Mesma coisa do vereador do PV, Antonio Carlos, que tem livre trânsito entre situacionistas e oposicionistas.
Quem tem mais chances de se eleger na base governista é a vereadora Socorrinha Arraes (SDD). Inteligente, com posições independentes e bem articulada entre as bancadas, Socorrinha Arraes tem grandes chances de vir a ser a futura presidenta da Câmara.
Apoiar Socorrinha Arraes, a partir da montagem de uma chapa consensual na mesa diretora, seria o melhor que a oposição legislativa poderia fazer. Candidatura Socorrinha Arraes é a única que une situação e oposição na Câmara. 
Vereadora Socorrinha Arraes é a favorita das favoritas.
Digo isso sem precisar jogar bola de cristal.
Até o dia 10 de dezembro!.
__________________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e assessor parlamentar do vereador Kapita.

Mata-se mais no Brasil do que no Iraque e no Afeganistão.

CHACINA:HOMEM MATA 5 PESSOAS NO MUNICIPIO DE SAO MIGUEL DO TAPUIO-PIAUÍ

Chiê Assassino
Assaltante de banco em Fortaleza e acusado de tráfico de drogas no povoado Palmeira de Cima, a 48 km de São Miguel do Tapuio, Clemilton Vieira Matias, “Chie”, 43 anos, fugiu para o Ceará de motocicleta após ter assassinado cinco pessoas.

O comandante Zenilson Cardoso afirmou que ele matou sua esposa com um tiro na cabeça depois de uma luta muito intensa em sua residência. E em seguida saiu de motocicleta com um revolver calibre 38 e uma pistola e assassinou o professor de informática Roberto Brito Bastos com dois tiros, um na cabeça e outro na barriga. Em seguida, ele assassinou o comerciante Claudio Barros de Oliveira.
 Após isso, ele matou o estudante Sidney Tavares e Silva, 18 anos, que estava passando na rua para deixar a mulher na escola e por último ele matou o líder comunitário Juvêncio da Silva, que liderou um abaixo assassinado para expulsá-lo da localidade onde estava vendendo drogas.
A esposa de Juvêncio da Silva, Zoé da Silva Batista, disse que Clemilton entrou na sua residência quando estava almoçando e atingiu Juvêncio e arrasou o corpo para a sala e aplicou um golpe de faca em sua barriga. ‘’Eu ainda tentei jogar alguma coisa contra ele para evitar o assassinado do meu marido, mas ele me empurrou e cortou meu dedo com uma faca’’, afirmou Zoé, que estava chorando muito.
A mulher do professor Roberto Brito Bastos, Maria Aparecida de Oliveira, declarou que o marido estava indo para a escola onde trabalha quando foi assassinado. A irmã do comerciante Claudio Barros, Maria Nascimento Oliveira, disse que não havia razão para Clemilton matar o irmão já que eles são compadres. ‘’Foi um crime premeditado, pois não havia razão para matar meu irmão’’, declarou.
O pai do estudante Sidney Tavares, Antônio Tavares, disse que seu filho era um garoto bom, não entrava em confusão e trabalhava na lavoura. ‘’A morte do meu filho não tem nenhuma justificativa’’, afirmou ele.

A população está chocada e com medo que o traficante volte. ‘’Estamos com medo porque ele está solto e pode voltar a qualquer momento’’, declarou a agricultora Antônia Alves de Araújo, 67 anos.
O pai de Maria Moreira, Joao Bento da Silva, disse que o casal tem dois filhos, um de 14 e outro de 16 anos. A polícia de São Miguel do Tapuio recebeu reforço da policia de Campo Maior, de Novo Oriente (Ceará), da Força Tática da Policia Militar de Teresina e do Bope . Os corpos foram levados para o IML de Teresina.
Atualizada às 18:20
O sargento Luis Ferreira da Cunha da Força Tática de Campo Maior informou que Clemilton Vieira Matias, 35 anos, conhecido como “Chie” matou 5 pessoas entre elas sua esposa a agente comunitária de Saúde Maria Moreira, o professor de Informática Roberto, o comerciante Claudio, o líder comunitário Jovêncio, e o jovem Sidney, tentou mantar ainda mais duas pessoas, entretanto na hora as suas armas não dispararam.
A esposa de Chiê teria sido morta por tentar impedí-lo de cometer os assassinatos.
Segundo ele, a polícia vai para o povoado Palmeira de Cima, zona rural de São Miguel do Tapuio porque os moradores estão alarmados, em pânico porque ele prometeu voltar para matar as duas pessoas que ele não matou.

O Sargento disse ainda que 'Chie' estava armado com duas armas, uma pistola .40 e um revolver calibre 38 que eles escondia em um buraco em sua residência.
Conforme o Sargento Luis Ferreira da Cunha, 'Chie' matou as pessoas que estavam encabeçando um abaixo assinado para sua expulsão do povoado Palmeira de Cima por está traficando drogas.
“Em sua casa havia um buraco onde ele escondia as armas, de onde tirou a pistola .40 e o revólver 38 e tinha bastante munição. Segundo os vizinhos ele ia matar outra pessoa que estava dormindo, mas a arma não disparou e a pessoa saiu correndo. Todas as pessoas que foram assassinadas estavam envolvidas com o abaixo assinado para que 'Chie' fosse expulso do povoado Palmeira de Cima. Como ele disse que tinha mais gente para matar, ele prometeu voltar”, declarou o sargento Luis Ferreira da Cunha.
Homem executa 5 pessoas em São Miguel do Tapuio
O Instituto Médico Legal foi chamado na tarde desta quinta-feira (30) para resgatar os corpos de 5 pessoas que foram assassinadas por um homem, em São Miguel do Tapuio, na região norte do Piauí.
Segundo o jornalista Filipe Germano o executor do crime seria um homem conhecido "Chie". Ele teria passado de motocicleta na frente da escola Raimundo Marcelino de Sousa II, que fica no povoado Palmeira de Cima, a 48 km da sede do município e executado as vítimas.
"Chie" teria assassinado primeiro a sua esposa Maria Moreira que é agente comunitária de saúde. Em seguida ele matou o líder comunitário Jovêncio de São Miguel de Tapuio e seu neto conhecido apenas como "Cidim" e sua última vítima foi um comerciante morador da localidade Palmeira de Cima identificado apenas como Cláudio.
Segundo informações, o assassino empreendeu em fuga para sair do município e está sendo perseguido pelas polícias de São Miguel do Tapuio, Castelo do Piauí e do Ceará.
Segundo informações do Portal Campo Maior em foco o assassino teria 35 anos e comandava o tráfico de drogas na região. Ele teria ficado zangado com a prisão de dois parentes seus na semana passada em São Miguel do Tapuio e acreditava que a denúncia teria sido feita por Jovêncio. Para se vingar ele foi até a sua casa e matou ele.
Informação extra-oficial dizem ainda que havia um abaixo assinado na escola Raimundo Marcelino de Sousa II contra Chiê para que ele fosse retirado da localidade, por isso ele teria se deslocado até lá para se vingar.
Fonte: Face Tony Sales.

Homem executa 5 pessoas em São Miguel do Tapuio Piaui.



imagem reprodução

Uma chacina ocorreu por volta das 13:30h desta quinta-feira (30), na zona rural do município de São Miguel do Tapuio. Um 

O crime ocorreu no Povoado Palmeira de Cima, que dista 48 Km da sede do município. Segundo informações "Chiê" comanda o tráfico de drogas na região e ficou chateado com a prisão de dois parentes seus que foi efetuada semana passada no centro de São Miguel do Tapuio que fica na divisa com o Estado do ceara proximo ao municipio de novo oriente.
"Chiê Elemento Assassino

Ele teria descoberto que a denúncia teria partido de um senhor chamado Jovêncio e partiu para sua casa. Chegando lá, matou o idoso e o neto. De lá, "Chiê" seguiu para a escola municipal da comunidade e assassinou a própria esposa, Maria Teresa e ainda tirou a vida de mais dois homens, sendo um identificado como Roberto que era professor e o outro foi identificado apenas como Claudio.

"Chiê" que assassinou 5 pessoas no povoado Palmeira de Cima-SMT pode ter surtado. Não é sabido se por problemas psicológicos ou consumo exagerado de drogas (Overdose). A polícia está no local e tenta a todo custo fazer com que ele se renda e pare o terror provocado à população da localidade. Dentre os mortos estão professores, líder comunitário, criança e a própria cônjuge.

A região dos carnaubais está de luto.
Atualização mais recente
Motivo dos Crimes
O motivo que levou "Chiê" a cometer chacina no povoado Palmeira de Cima município de São Miguel do Tapuio no inicio da tarde desta quinta-feira (30), foi porque os moradores estavam fazendo um abaixo-assinado para que ele saísse da comunidade, pois ele estava aliciando menores de idade e levando-os ao consumo de entorpecentes.
Quando soube do intento dos residentes, "Chiê" armado de revólver e pistola partiu para tomar satisfações e deu inicio à tragédia disparando contra um professor. Depois foi à casa do líder comunitário Jôvencio, aonde ceifou sua vida e de seu neto. Não contente dirigiu-se à escola do povoado, chegando lá, matou outro professor. Quando tudo parecia terminado eis que "Chiê" mata a esposa e se tranca dentro do colégio fazendo alunos e funcionários de refém.

A polícia foi acionada e quando chegou no local trocou tiros com o individuo que estava irredutível na sua saga sangrenta. As últimas informações que chegam dizem que a Polícia Militar deslocou homens do GATE em um helicóptero para reforçar o contingente de São Miguel do Tapuio, Assunção, Buriti dos Montes e Castelo do Piauí, no intento de prender o assassino frio e cruel.
UM DIA DE CÃO

Após matar sua esposa Maria Moreira com um tiro na cabeça, ele foi até a casa do líder comunitário Jôvencio dos Reis Silva e o matou com com dois tiros, sendo um na cabeça e outro no abdome. No mesmo recinto "Chiê" tirou a vida do jovem Sidney Tavares da Silva de 18 anos com dois tiros na testa e tórax. A esposa de Sidney não morreu ao lado do marido porque correu em disparada.

Claudio Barros de Oliveira foi outra vítima do instinto matador de "Chiê" tendo levado um balaço na barriga. O professor Roberto foi alvejado três vezes, dois no tórax e um na cabeça.

"Chiê" usou uma pistola ponto 40 e um revólver calibre 38 para cometer a chacina. Ele é portador de uma espingarda 12, que não foi usada na ação criminosa desta quinta-feira (30).

Fonte: camelo no rádio

Boa Matéria do Blog Café no Bule.

Nova Russas-Ce, sairá da UTI ou do apagão? ou quando as galinhas criar dentes?

O Blogger café no Bule não acredita em milagres de alguns políticos:

É tarde dois anos se passaram: água que vai passar por Nova Russas, do açude araras não vai abastecer por muito dias várias cidades. Um erro não se justifica com outro erro, Sâo Pedro não tem culpa se alguns dos políticos em Nova Russas dormiram no tempo e deixaram o nosso Farias de Sousa descer a sepultura.A falta de água poderá haver um apagão de energia! Alguns políticos adormeceram. 


 Se um político em sua cidade não fizer algo em beneficio do povo, esqueça não fique na esperança pois outro não vem fazer algo, até mesmo porque os  mesmo tem suas cidades para trabalhar. Não teve disputa eleitoral em Nova Russas uma boa parte do povo vem de um regime ditador, adoram dias difíceis: sem o básico água, saúde, más para efeitos de ressurreição vamos esperar as obras a chegar dos políticos de Tamboril e Ipueiras, sabem quando? quando as galinhas criar dentes. 




ASSIM DEU NA GAZETA REGIONAL, PREFEITO DE NOVA RUSSAS FAZ PLANOS URGENTES PARA NOVA RUSSAS!

Prefeito de Nova Russas Gonçalo Diogo após enfrentar sua primeira experiência frente a uma disputa eleitoral que veio a eleger seus candidatos a deputados e bem como seu candidato a governo do estado, agora o mesmo acredita que seja verdadeiramente o ponta pé inicial de sua administração. 
Gonçalo Diogo em quase dois anos de administração ainda não tem história pra contar em relação a conquistas para sua terra natal, mas já garante bem feitorias para os próximos dias para o bem da nossa cidade e confessa que sua principal preocupação no momento é pra suprir a situação da falta de água do município e que pra isso ele quer contar sim com o apoio do governo do estado e dos deputados eleitos em Nova Russas e também contar com a compreensão da população.

Mais um belo comentário do genial jornalista Scarcela Jorge.

COMENTÁRIO
SCARCELA JORGE.
REAÇÃO DA SOCIEDADE RACIONAL, NÃO PODE CUBANIZAR A IMPRENSA.
Nobres:
É visível e preocupante a pressão por parte de alas radicais do governo e de segmentos que o apoiam sobre a presidente Dilma Rousseff para que restrinja a liberdade de expressão no país em resposta ao recente processo eleitoral. Mais do que um equívoco, trata-se de um perigoso flerte com o arbítrio. A campanha presidencial foi muito acirrada no horário eleitoral e muito violenta nas redes sociais, mas a imprensa brasileira, com raras exceções, cumpriu o seu papel de informar com neutralidade, separando adequadamente a informação objetiva da opinião. Seria inadmissível que, devido à cobertura eleitoral, deixasse de noticiar o episódio de corrupção na Petrobras e as investigações da Polícia Federal sobre a Operação Lava-Jato, fatos de inegável interesse para a população brasileira. Se algum veículo de imprensa cometeu impropriedades, que seja responsabilizado judicialmente, conforme prevê a legislação. Mas a censura é abominável e nesse sentido só se pode atribuir à precipitação do calor eleitoral a decisão monocrática do ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral, que vetou a publicidade da edição da revista Veja antecipada para a véspera do pleito. Como bem argumentou o professor de Direito Constitucional Ives Gandra Martins, em artigo publicado na Folha de S. Paulo, tal decisão feriu dois artigos da Constituição Federal que asseguram liberdade de pensamento, de manifestação e de informação. O Brasil não pode se transformar numa Venezuela, que vem oprimindo sistematicamente a imprensa crítica, com prejuízos irreparáveis para a democracia e para os cidadãos. Neste contexto, preocupa especialmente constatar no discurso presidencial menções a tal “regulação econômica da mídia”, que não se sabe bem o que seja, mas que sugere tentativa de condicionamento incompatível com o histórico da própria mandatária. A liberdade de imprensa não é um privilégio de profissionais ou empresas de comunicação. É um direito dos cidadãos, de receberem informações livres para que possam administrar seus próprios destinos. Cabe a eles e não a autodenominados tutores fazer uso do único controle admissível para a imprensa numa democracia, - o controle remoto - bem definido em declarações pretéritas da própria presidente da República.
Antônio Scarcela Jorge.

Artigo do Professor Tim sobre enquete dos prefeituráveis para 2016.

'Face Nova Russas' abre sucessão municipal com enquete sobre Prefeituráveis!
No Facebook Nova Russas e compartilhado por vários outros instalados na NET,  está postada uma enquete sobre a preferência do eleitorado de Nova Russas em relação à sucessão do prefeito Gonçalo Diogo, que está praticamente aberta.
Mesmo que estejamos ainda longe de 2016, a sucessão municipal já é o principal assunto das enquetes das redes sociais. Vários nomes de prefeituráveis foram colocados à disposição do eleitores novarussenses com acessos à NET.
Dentre os prefeituráveis, surgem os nomes dos ex prefeitos Marcos Alberto e Paulo Evangelista -considerado um dos piores prefeitos da história. Marcos Alberto, que pode assumir comando do PMDB ou do PSDB em Nova Russas, continua com um forte apelo popular e com uma certa rejeição entre parcelas expressivas do eleitorado.
Filiada ao PSB de Marina Silva e duas vezes derrotada à Prefeitura de Nova Russas, a médica Daniela continua sendo a principal aposta do Acacismo para a sucessão de Gonçalo Diogo.
O principal problema de Daniela, mesmo com seu forte carisma, é que ela tem dificuldades de entender a complexidade do mundo político. Não se articula politicamente, afastou-se dos seus eleitores, não faz oposição ao atual governo, falta um programa de governo que empolgue o eleitorado. Para piorar, vive um auto-exílio em Sobral, onde trabalha exerce atividade profissional de médica.
Sob o número 4, o atual prefeito Gonçalo Diogo está na enquete como prefeiturável e chefe da sua própria sucessão. Embalado pelas vitórias de Dilma Presidente e Camilo Governador, Gonçalo Diogo aposta que será eleito.
Digamos, assim, que, se, Gonçalo por ter traído o PMDB, não saia candidato, outro nome da família Diogo, seu filho Diego Rocha surge na enquete com o número 10. Talvez, se sair candidato, pelo PT ou pelo PROS.
Outro nome dos Diogo citado na enquete é o do sobrinho do prefeito Gonçalo: Chiquinho Diogo. Filiado ao Solidariedade, Chiquinho Diogo jamais teria aval do presidente estadua do partido, deputado federal Genecias Noronha, para ser candidato a prefeito. Candidatura dele estaria descartada por esse aspecto.
Rompido com o atual prefeito, o vice Sérgio é outro prefeiturável da enquete. Tem chances se o governador eleito, Camilo Santana, que é do PT, seguir a orientação partidária. Mas dificilmente um governador apoia determinada candidatura prefeiturável, principalmente, em Nova Russas, quando existem vários candidatos governistas.
Mesmo que desagrade Sérgio Brito, digo que Camilo Santana não vai apoiar nunca seu sonho de conquistar a Prefeitura de Nova Russas. Vai 'lavar as mãos'.
Pároco da Paróquia de Nossa Senhora das Graças, o Padre Messias também surge como um prefeiturável da enquete para 2016. Padre Messias nunca negou que não queira ser prefeito de Nova Russas, mas nunca anunciou publicamente tal candidatura. Padre Messias é filiado ao PT de Lula e de Dilma.
Após grande votação que obteve para deputado federal em Nova Russas, o Major Evandro é outro que deve disputar a sucessão municipal. Filiado ao PPS, Major Evandro está na enquete com o número 7: sorte ou azar?
Empresário bem sucedido e dono do Posto Irmãos Gabriel, o empresário Gabriel surge como mais uma opção do meio empresarial para governar Nova Russas. Mesmo morando em Belo Horizonte, vem sempre a Nova Russas. Ainda não se sabe o partido em que ele se filiou para sair candidato a prefeito.
Terminado o preâmbulo sobre a enquete dos 10 prefeituráveis que poderiam disputar a eleição da Prefeitura de Nova Russas em 2016, quero fazer alguns acréscimos e esclarecimentos.
Politicamente corretos.
Primeiro. Não sei o autor da enquete, talvez um leito em política,  mas ela tenta polarizar a disputa municipal entre azulões, acacistas e o grupo político do prefeito Gonçalo Diogo, que aparece privilegiado na referida enquete.
Segundo. Os prefeituráveis não são apenas esses. O Grupo Pedrosa apresenta os nomes do deputado Vanderley Pedrosa e do médico Rafael Pedrosa, sobrinho dele. Rafael Pedrosa até poderia formar chapa majoritária com a médica Daniela, invertendo-se ou não a chapa.
Terceiro. Jeová Mota tem candidato a prefeito de Nova Russas, sendo ele mesmo ou o nome da professora/sindicalista Sônia Frota -esposa do empresário Nenen da Construção, chefão da CDL e um dos empresários mais bem sucedidos.
Ainda no meio empresarial, pelo PSDC, os nomes dos empresários Johnson Veras [Nossa Drogaria) e de Toinzinho Doroteu nunca deixaram as listas locais de prefeituráveis. Conquistar a Prefeitura de Nova Russas, por exemplo, para Johnson Veras, seria sua maior realização pessoal.
Mais. O consagrado médico Leônidas Leitão, mesmo ligado ao grupo do ex prefeito Acácio e trabalhando atualmente na cidade de Varjota, revelou publicamente que deseja disputar a Prefeitura de Nova Russas. Leônidas poderia ser um nome forte na disputa municipal.
Mesmo desejo da vereadora Rejane Tavares, do PROS. Rejane é outra prefeiturável para 2016, não citada na enquete.
Jovem talentoso e carismático, dono da Gold e responsável pela revolução na limpeza urbana de Nova Russas, Júnior Mano nunca escondeu suas pretensões de um dia ser prefeito de Nova Russas.
José Augusto Lopes Ferro, gerente competente da Caixa Econômica Federal, é um prefeiturável sempre em evidência. José Augusto, de família tradicional, não deixa de ser um nome com potencial político e eleitoral.
Há muitos e muitos outros nomes na disputa, pelo menos nas chamadas pré-candidaturas à Prefeitura de Nova Russas.
Enquete precisa ser refeita.
Para o bem da democracia política!.
________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e assessor parlamentar do vereador Kapita.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Artigo do Professor Tim sobre aprovação pela Câmara de Projeto de Lei oficializando a Educação Contextualizada em Nova Russas.

Câmara de Nova Russas aprova Educação Contextualizada na rede pública de ensino
Sessão ordinária da Câmara de Nova Russas, realizada nesta quarta [29 do 10), foi a mais educativa e pedagógica de sua história.
Câmara de Nova Russas aprovou por unanimidade Projeto de Lei da vereadora Kátia Santos (PSL), que vai implementar e oficializar a Educação Contextualizada no âmbito da rede pública municipal de ensino. 
13 vereadores presentes, após debates e emendas ao Projeto de Lei, aprovaram por unanimidade a revolução educacional chamada Educação Contextualizada.
Pelo Projeto de Lei da vereadora Kátia Santos, que não vai onerar os cofres do município, a referida Educação Contextualizada será obrigatória apenas nas escolas pública.
Mas isso não impede que escolas da rede estadual e particular de ensino, venham aderir à Educação Contextualizada, mas com orçamento próprio para qualificação de professores e outros fins.
Apoiado pela Cáritas Diocesana
[braço de caridade da Igreja Católica], pelo Padre Messias, e com apoio da Petrobras a Educação Contextualizada trabalha um Plano Político Pedagógico de acordo com a Pedagogia da Alternância.
Juridicamente correto e com boa técnica legislativa, o Projeto de Kátia Santos, em conformidade com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação -LDB-, visa institucionalizar a prática política pedagógica e curricular da Educação Contextualizada no âmbito da Secretaria de Educação -Seduc.
Serão temas da Educação Contextualizada em Nova Russas, a partir de 2015, conforme projeto da vereadora Kátia Santos aprovado em plenário: 
família nuclear, meio ambiente, o semi-árido e a convivência com ele, agricultura familiar a agroecologia, diversidade cultural e os saberes populares, entre outros aspectos.
Querendo dizer, em outras palavras, que os objetos de estudos dos educandos na Educação Contextualizada, serão nosso valores culturais, econômicos, artísticos e sociais: 
mandacaru, animais e frutas locais e regionais, rede e outros produtos da região; cassimiro coco, cantorias e repentistas, forró e sanfoneiros, brincadeiras populares, linguajares e falas regionais; produtos regionalizados, cisternas e cacimbões, plantas medicinais regionais, plantas nativas, entre outros.
Sendo que tais valores e suas conexões terão as populações do campo como principais protagonistas: 
agricultores familiares, extrativistas, pescadores e ribeirinhos, caboclos, trabalhadores assalariados, quilombolas, entre outros.
Construção pedagógica de um sociedade mais justa, humana e igualitária.
Para que, dentro da Pedagogia da Alternância e da Pedagogia do Oprimido de Paulo Freire, sejam trocadas experiências e o saber-aprendizagem entre educandos, professores e a população em geral, trocando-se experiências e saberes acumulados nas famílias e nas escolas contextualizadas.
Adotando um calendário escolar contextualizado de acordo com o clima, a alimentação, as condições sociais e objetivas. 
Projeto Político Pedagógico bem regionalizado: estudando nossa hidrografia, nosso clima, nossos animais, nossas plantas, nossa cultura geral nordestina.
Ensinar e aprender os educandos sobre as formas melhores formas de se conviver e viver bem no semiárido.
A partir de três dinâmicas básicas da Educação Contextualizada ou Educação do Campo: Conhecer, julgar e agir, aplicadas no fundamental e no ensino médio da referida prática pedagógica. Flexibilizando e se ampliando os mais diversos conhecimentos humanos.
Porque quando o professor contextualizado usa a contextualização, o conhecimento passa a ter um valor simbólico e material bem maior para o aluno.
Exatamente porque a ideia de Contextualização requer a intervenção do aluno em todo o processo de aprendizagem, fazendo as conexões em todos os conhecimentos. 
Quando o saber-fazer-linguagens-códigos do educando será mais importante do que nunca.
Papel central no processo de aprendizagem contextualizado: protagonista.
Educandos e professores protagonistas dos conteúdos e currículos contextualizados.
Viva a Educação Contextualizada!
_______________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e assessor parlamentar do vereador Kapita.

Artigo do Professor Tim explicando grande violência psicótica das Lésbicas ou Sapatonas.

'Casamento de Richtoffen com Sandrão' e a violência psicótica das lésbicas psicopatas!
Um certo discurso piega do movimento LGBT fala sempre em combate à homofobia. Palavra principal do discurso de ódio de lideranças e ativistas gays contra heterossexuais sempre acusados de violências graves contra a comunidade homossexual.
Há de se reconhecer atos de violências de heterossexuais contra gays, lésbicas, travestis e transsexuais. Crônica policial sempre registra atos violentos cometidos contra os direitos homoafetivos e a integridade física da população homossexual.
Mas há que separar o ativismo LGBT do fanatismo e da heterofobia, escondendo a verdade. Dizendo que apenas os heteros cometem atos de barbaridade. Homicídios dolosos. Crimes bizarros e grotescos.
Elize Matsunaga, a sapatão que matou o marido [Marcos Matsunaga] e depois o esquartejou, prova o contrário. Mesmo caso de sua 'ex esposa', Sandra Regina Gomes -conhecida por SandrãoReprodução-, que, foi acusada de sequestrar e matar um adolescente de apenas 14 anos.
Agora separada de Elize Matsunaga, a sapatão Sandrão se casou com a criminosa Suzane Richtoffen -acusada de ter planejado as mortes de seus pai, executados pelo ex namorado e o cunhado dela. Crimes hediondos que abalaram e chocaram o Brasil.
Ponto. Não é o casamento de Sandrão com Suzane que interessa.
Interessa mais provar que as lésbicas e as sapatonas são extremamente violentas.
Mulheres com muita carga hormonal e genética masculinas, as lésbicas adotam comportamentos e atitudes extremamente masculinas. 
Na política, são favoráveis ao aborto e ao poder absoluto do matriarcado de ódio aos homens.
No dia a dia de sua vidas, adotam comportamento totalmente masculino: usam roupas masculinas, urinam em pé, adotam cuecas e calças jeans, bonés para trás, cabelos presos etc.
Mais comportamentos masculinos: não depilama as axilas e o aparelho vaginal, praticam esportes violentos, usam palavrões usados apenas por homens, abusam das gírias e das tatuagen, fala grossa, sempre coçando a região genital e sentando com as pernas abertas.
Comportamento masculino das lésbicas é igual ao poligâmicos dos homens. Muitas namoradas [ou 'peguetes'], a quem usam vibradores sintéticos nas suas relações sexuaisgostosas nudelas lesbicas sexy5 Lésbicas tatuadas.
Apresentam uma grande tara sexual, mas não conseguem chegar ao orgasmo pela via normal da relação heterossexual.
São extremamente ciumentas.
E extremamente violentas.
Mais ainda contra os homens, a quem odeiam.
De seres masculinos, gostam apenas de cachorros e de gatos passivos, ou da companhias de gays e de viados. Seres masculinos sem pretensão sexual alguma com as lésbicas.
Capazes de matar e praticar crimes passionais.
Daí que Suzane Von Richtoffen corre grave risco de morrer, por ter tomado o Sandrão da psicopata Elize Matsunaga.
Ninguém queria tá na pele da Suzane Richtoffen.
Que Deus tenha pena dela!.
__________________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é Cientista Político e Sexólogo.

Inicio uma série de artigos sobre aspectos diversos de Nova Russas, que está entrando na semana de sua emancipação. Primeiro é sobre o grande crescimento urbano de nossa cidade.

Explosão urbana e o inchaço populacional de Nova Russas!
A inspiração do presente artigo virtual vem se somar aos muitos já escritos sobre a questão da explosão urbana do Brasil, em que cerca de 80% da população brasileira moram nas cidades e nas chamadas regiões urbanas e metropolitanas.
Maior êxodo rural de todos os tempos.
Nova Russas, cidade muito pobre do semiárido, acompanhou a tal explosão urbana brasileira. Contando apenas 10.000 habitantes em 1980, hoje Nova Russas tem em sua área urbana cerca de 23.000 habitantes. Crescimento urbano de mais de 100%.
Efeitos e causas do exôdo rural e da urbanização acelerada são muitos:
falência da agricultura de subsistência, ausência de políticas públicas dos governos, desemprego no campo, falta de desenvolvimento estrutural e setorial do meio rural, destruição do meio natural etc.
Crescimento urbano e acelerado nos mais diversos bairros e conjuntos habitacionais, transformando Nova Russas numa das maiores cidades da região, perdendo apenas para Crateús.
O Conjunto Habitacional Pantanal, construído na gestão Chico Rosa, hoje é uma verdadeira cidade dentro de outra cidade. Pantanal hoje é superpovoado por pessoas e campesinos que vieram da Nova Betânia, da Cachoeira [de cima e de baixo], do Lajedo Grande etc.
A própria Cohab também foi vítima do rápido crescimento urbano novarussense, recebendo migrantes de Espacinha, das Extremas, dos Patos etc.
Nova Aldeota, situado após a Rodoviária e nas imediações do Hotel Mandacaru, na mesma situação, é outra explosão urbana novarussense. Grande parte dos seus moradores vieram do Irapuá, do Resplande, da Mata Fresca, do Peixe, entre outras comunidades.
Sem falar da grande comunidade tamborilense ali morando, especialmente da Holanda e do Alegre. Falam, em dados extraoficiais, que existem cerca de 400 tamborilenses residindo atualmente na Nova Aldeota e suas adjacências.
Outros bairros e comunidades próximas, como o Bairro Vermelho e o Bairro da Universidade, também sofreram o grande crescimento demográfico de nossa cidade. Bairros que tiveram seus crescimentos demográficos expandidos ao triplo.
Quando se fala em comunidades próximas, não devemos esquecer de novos loteamentos surgindo na região do Mirante e nas proximidades do próprio Pantanal, a serem habitados por migrantes e exodidoso do Recanto, do Folguedo, da Eira e de outras regiões.
Tamarindo, no início dos anos 90, era apenas cinco casas e a quadra forrozeira do Sé de Ferro, mas hoje se constitui num dos maiores conglomerados urbanos locais. Fruto do êxodo rural oriundo do Miguel Antonio, do Segredo, do Sítio Novo e da Ilha dos Oliveira.
A periferia registrou, embora em menor potencial, porque ninguém quer morar após a linha, por pura ignorância e preconceito, um certo aumento populacional urbano. Surgiram o Conjunto Pantanal, o Alto da Boa Vista aumentou muito, o Bairro de São Francisco idem; mas o Viradouro não virou a curva da ascensão populacional.
Para as bandas da Timbaúba, que também cresceu muito, inclusive, com a construção de mansões dos emergentes locais, houve uma conurbação. A Vila França está praticamente emendada com o Bairro da Timbaúba. 
Pois grande número de moradores dos Campos, do Canindezinho, da Vila Maravilha, da Residência, da Cacimba Nova, entre outras, passaram a morar na Vila França e na própria Timbaúba. Aumentando o tamanho e a nossa grandeza populacional.
Se pode ser comemorada por um lado, a explosão populacional urbana deve ser condenada por outro lado. Urbanização galopante de Nova Russas trouxe muitos problemas e demandas: desemprego, violência, tráfico de drogas, falta de água etc.
________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e urbanista.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

República dos liberais - Manoel J De Souza *

Ainda refletindo sobre a democracia, participação e cultura, o sexto texto desta série traz as luzes, a transição de regimes totalitários, sem leis, para regimes com leis, monárquico (poder unitário) ou policrático (poder distribuído).


A tradição Republicana Moderna desenvolveu-se através dos pressupostos da existência dos valores relacionados a soberania popular e o contrato social, não apenas no sentido de serem dotadas de valores “democráticos”, mas no sentido de serem as Repúblicas (democráticas ou não) formas de governo que se opõem ao despotismo. O avanço dos regimes republicanos não significa a priori que esses sejam democráticos, podendo ser considerados novas expressões mais elaboradas de dominação por parte daqueles que governam os Estados.

Essa forma de Estado, antes de ser realizada, foi pensada e defendida pelos articulistas do chamado “século das luzes” ou simplesmente “Iluminismo”, considerado um movimento europeu que teve seu apogeu na segunda metade do século 18.

Os pensadores críticos, inspirados na filosofia, literatura, ciências, teoria política e doutrina jurídica, buscavam o esclarecimento, com base na racionalidade, tendo a noção de que o progresso estava em oposição ao misticismo (crenças irracionais, superstições e submissão a autoridade de reis e igreja).

Defensores do Estado laico e do pensamento secular, o iluminismo volta-se contra toda autoridade que não seja baseada na razão e experiência, portanto, nas palavras de Kant, a busca pela emancipação, visando a “maioridade” dos indivíduos. A filosofia crítica em que se baseia o iluminismo tem como características a liberdade, individualismo e a igualdade jurídica. (MARCONDES, Danilo. Introdução à historia da filosofia, 1997).

Com o tempo das luzes, ocorre o avanço do racionalismo (DESCARTES) e o tempo se torna o da máquina. O poder do império inglês, exercido em todos os continentes, teve enorme ampliação por ter sido a primeira nação a passar pela revolução industrial. A competitividade (mercantil, militar, política e cultural) destas nações industriais e imperiais exigiu o fortalecimento dos Estados Nacionais, a unificação de nações, exércitos, reinados, mudando brutalmente o mapa geopolítico da Europa e do mundo nos séculos 18, 19 e 20.

Posteriormente com o positivismo (CONTE), a teoria das espécies, o sentido de evolução e competitividade, tanto biológica (DARWIN), como social, e econômica (SMITH), geram o discurso das quais pensadores e políticos se apropriam para defender a suposta superioridade Europeia com relação ao restante do mundo. Este pensamento cristalizaria relações polares, de mundo entre periféricos e centrais, defendidas em supostas superioridades do velho mundo, que são até hoje as responsáveis pela maioria dos conflitos globais – um pensamento ultrapassado que ainda pode ser observado nos comentários xenófobos da atualidade nas redes sociais.

Os Estados atuais, comprovadamente ineficientes, injustos, violentos e que levam a humanidade à beira de um colapso ambiental e crise de relações humanas, foram forjados dentro do espírito de uma época, em que o Iluminismo e o Positivismo naturalista fundamentaram suas bases em direitos naturais tidos equivocadamente por divinos, dados por Deus apenas aos esclarecidos cidadãos de bem.

Os discursos construídos por essa sociedade são de igualdade, mas apenas entre os iguais, valores equivocados de superioridade racial, fé cega na ciência, na economia, gerando a competitividade darwinista e a acentuação do individualismo.

O direito naturalista (do qual a burguesia se revestiu tal qual a monarquia) se ergue com base na crença em valores elitistas, egoístas e na autonomia da vida privada, formando uma dicotomia aparente com a coexistência de um contrato social que legitima as decisões coletivas as quais submentem a todos pelo poder do Estado.

A suposta contradição ocorre da interpretação de que todos se submetem e que todos cumprem, tem direitos e são julgados de forma igualitária, quando, na realidade, esta delegação aos governos, dada para o exercício da força, seria consentida apenas por alguns cidadãos – aqueles que, se colocando na subserviência do poder do Estado, se impõem contra os demais.

Seriam submetidos às regras constituídas pelas elites do Estado (Bourdieu), todos os demais que sejam considerados “diferentes”, seja por etnicidade, classe, gênero, religião, condição física, idade, “normalidade” clínica ou genética, ou por serem desvalidos, desconhecedores, “depravados”, “corrompidos”, não morigerados, radicais, opositores de regimes, e até mesmo por estarem no lugar ou na hora errada, enfim, qualquer um que não seja considerado “normal” pelos que detém ($) poder “dado” por condição divina, natural, ainda que não religiosa.

Portanto, as oligarquias, ao delegarem o poder a um grupo, submetem-se a si mesmos, mas não seriam submetidos à coletividade. Na realidade, tomam o poder do Estado das mãos dos reis e da religião contra todos os demais, em especial, em oposição das massas.

Ao combaterem o poder de um único monarca, conquistaram com a revolução burguesa a ampliação de direitos, e nova condição de classe, que forçou um acordo entre as antigas monarquias e as novas burguesias industriais. Ao aprisionarem Reis aos Estados constitucionais, e logo, transformando-as em Repúblicas, as oligarquias passaram a comandar as massas, sem que houvesse mudança na essência do poder.

Não obstante, nos tempos iluminados, quando no papel afirmavam estarem forjando democracias em seus territórios, enquanto a nova classe emergente oprimia as massas, defendiam a liberdade no mundo, oprimindo as demais nações. Esta é a liberdade iluminada dos liberais.
* Cientista político, produtor cultural, pesquisador, escritor e agitador. Membro do Conselho Nacional de Políticas Culturais – CNPC/MINC (2010/12).

Artigo inédito do Professor Tim explicando nomes de fantasia do comércio local.

Fazendo Tour nominal' pelos nomes de fantasia do comércio de Nova Russas. 
A literatura tributária, fazendária e comercial define os nomes de fantasia como aqueles conhecidos popularmente. 
Cujos nomes comerciais são divulgados na midia, nos logotipos, nos luminosos e nos espaços públicos.
O Comércio da região central de Nova Russas, que é bem desenvolvido e organizado, apresenta uma variedade comercial diversa. Variado nos mais diversos aspectos, especialmente nos seus diversos nomes de fantasia.
E é essa variedade nominal de fantasia que eu vou explicar detalhadamente para os clientes e leitores virtuais que estão lendo a presente matéria:
Como e porque são usados determinados nomes de fantasia no comércio central novarussense.
Pois bem. Começo pelo setor dos mercadinhos, dos supermercados e dos hipermercados. Mercadinho Ribeiro, tem o nome de fantasia assim, porque faz uma homenagem à família Ribeiro. Mercadinho São Lucas é uma homenagem ao apóstolo de Cristo e santo católico.
Mercado Verde se chama assim porque se trata de uma organização comercial que respeita a natureza e comercializa alguns produtos naturais, como é o caso do Óleo de Avestru: mistura de alimento natural e remédio milagroso.
Supermercado MARTMAG é uma sigla comercial feita a partir das junção das famílias Martins e Magalhães, cujas raízes familiares ficam em Santa Quitéria. Mercantil da Teresinha é uma auto-homenagem à proprietária: Teresinha Abreu.
Hipermercado Cacimba Nova é um complexo comercial para celebrar a comunidade de Cacimba Nova, que fica nas proximidades do distrito de Canindezinho. Pois os donos nasceram em Cacimba Nova. Mix Lagoa Supermercado indica que o dono nasceu na Lagoa de São Pedro, vulgo 'Lagoa Seca'. 
Não é muito diferente no setor de farmácias. Drogaria Renan é uma justa homenagem ao filho do José Antonio e dono da farmácia: Renan. Nossa Drogaria quer dizer que é de todos os novarussenses. FarmVida é uma farmácia preocupada com a vida. Max Farma é uma farmácia com máximo de atendimento e medicamentos à vontade.
Se existem o setor supermercadista e o farmacêutico, nosso comércio também possui suas casas comercias. Finada Casa Cordeiro representa apenas o nome do dono, Casa Viana a tradição familiar, Casa Machado um antigo complexo algodoeiro do passado. 
E a Casa da Construção, ao lado da Kasinsky e da Falmaq, fazem parte de conglomerado de empresas consolidadas, contando ainda com os Postos Lima.
Lara Multicenter, a Loja da Xerox e uma das melhores empresas do setor varejista de material escolar, simboliza o batismo do nome da filha dos proprietários Chicão e Eliane. Justa homenagem à filha que eles tanto amam.
Juliérika e Comercial Pintu's representam a importância comercial da poderosa família Pinto no comércio central de Nova Russas, possuindo diversos ramos comerciais. Juliérica é do setor de material escolar e a comercial Pintu's é a variedade na construção civil.
Mesma forma o Lojão da Construção, dominando importante mercado na venda de produtos utilizados nas construções comerciais e residenciais, que vão do cal ao prego cabral. E a D.Alves, do Domingos Alves, com uma longa história em que seu comércio homenageia a dinâmica família Alves.
Ferro Ferragens é uma dissidência do Lojão da Construção, cujo sentido foi fazer uma homenagem familiar à tradicional família Ferro -cujo origem geográfica fica na divisa entre o Sítio Novo e a Ilha, passando pelo Segredo e indo bem perto do Miguel Antonio.
No setor comercial elétrico, a Eletro Nunes representou a entrada da família Nunes e Correia no setor dos elétricos para todos os lares novarussenses. Eletro Darley personifica a empresa do jovem, inteligente e empreendedor Darley Coelho -um dos mais dinâmicos jovens empresariais de nossa cidade.
Já a empresa Eletro Cell não significa nome de família ou de determinada pessoa, mas que ali funciona uma empresa que trabalha com elétricos e com aparelhos celulares. Explicação lógica.
Bem do lado da Eletro Cell, fica a Lili Baby. Nem é preciso dizer que se trata de uma loja que vende produtos direcionados para bebês e crianças.
Mundo da Moda é uma loja moderna que define que ali existem todas as modas do mundo da moda. Moda mundial. Moda Masculina do mundo inteiro. Moda Feminina também. Todas as tendências. Vestindo bem a todos. Globalizando a moda novarussense.
Moda Mania trabalha com o sentido de a moda ser uma mania, um prazer, um sentido de vida para as pessoas. Estilo Vicioso vai no mesmo sentido. Moda como vício prazeroso.
Minas Ótica é o estado de origem do dono. Israel Lanches é uma certa preferência pelo país judaico. El Shadai homenageia importante nome bíblico. Comercial Manuelito é uma referência comercial a importante personalidade.
Center Móveis é o mesmo que uma loja de móveis localizada no centro da cidade. Criativa Lanches é uma mistura do bom paladar com a criatividade. Heribelthon Art's Stúdio diz respeito ao maior gênio da fotografia regional.
Macavi é o mesmo que Maésio Cândido Vieira. Agora procure saber quem é o cidadão Maésio no setor tributário e fazendário do Ceará. Tente saber mesmo. 
Armazéns Paraíba homenageia a Paraíba, terra natal do dono que mora no Piauí. Frigotil é o mesmo que frigorífico com utilidades.
Bar do Bilota continua homenageando o fundador. Bar dos Advogados só andam advogados. Bar das Cajás fica perto das cajás, árvores centenárias da Timbaúba.
Restaurante Pernambucano's, restaurante careiro da cidade, faz homenagem ao estado de Pernambuco. Vou Demais é porque as pessoas vão demais. Churrascaria Nordestina porque fica no Nordeste. Palhoça do Gordo porque foi fundada pelo Gordo.
Leitão Móveis é a consagração comercial da importante família Leitão, cujo proprietário é Antonio Pereira Leitão, vulgo Tony Jorge -atual prefeito de Catunda. Leitão Móveis, com mais de 25 lojas espalhadas no Ceará, é um dos nossos maiores complexos comerciais.
Atrativa Modas celebra o setor comercial como uma atração, uma união, uma forma de unir as pessoas. Atrativa Modas é uma das mais organizadas lojas de Nova Russas, comercializando os mais diversos produtos da moda e produtos comerciais de grande utilidade -sob direção dos competentes José Nilton e Fabiane Paiva.
Mineirão dos tecidos indica uma mineiridade. Casa das Linhas, é o mesmo que ali vendem linhas para croché e outros produtos. 
Para terminar. Como vivemos na era da globalização comercial, e os Shopping's são verdadeiras mecas do consumo comercial, temos em Nova Russas o Shopping Lar. Levando para o seu lar, sua casa, todos os produtos variados.
Aqui acabou o tour nominal pelos nomes de fantasia do nosso comércio.
Agora invente o seu nome comercial de fantasia!.
__________________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e especialista em Marketing Comercial.